Era na biblioteca dessa instituição que a primeira poetisa latino-americana passava longos períodos, lendo obras de diversas épocas. Os pesquisadores supõem que Leonor de Ovando tenha nascido na Espanha, em 1550, e se mudado ainda jovem para Santo Domingo com a família.”Ela tinha uma cultura acima da média, por isso se conclui que ela deve ter sido educada na Espanha, onde já havia colégios para meninas”, diz a lingüista e poetisa argentina Nela Rio, da Saint Thomas University, no Canadá, especialista nas freiras escritoras da América colonial.

Que coisa interessante… especialista em freiras.
A primeira vez que encontro alguma referência à Nela Rio em mídia brasileira. Referência curta, é verdade, mas em revista bacana.
Sor Juana Inés de la Cruz é uma figura instigante. Lembro de ter gostado das aulas a respeito da sua obra.. A Aimee, encantada, mostrando o quanto era profunda, mas leve a poesia da freira. Bonito. Que saudade.

“Para Elena Palmero”, pois tive a oportunidade de ler um belíssimo trabalho feito por ela sobre a obra poética de Nela Rio em diálogo com a poesia de Sor Leonor de Ovando: “Lecturas en abismo de un diálogo poético” (cito de memória, não tenho certeza se o título é exatamente esse..).

Confesso que o entusiasmo da minha orientadora me emociona e inspira. Pode ser por isso que ando tão devagar: preciso revê-la. 😀

Anúncios