Acabo de imprimir o original da dissertação. Obviamente, esse trabalho poderia ter tido outros finais, mas gostei de como ficou. Olhei o percurso, desde o início do mestrado e percebi que estudei exatamente o que queria.. o movimento. Preciso falar do alívio que senti com o “ok” da orientadora, depois de tanto grifo amarelo e de me sentir tão incompetente… Foi extremamente importante o apoio e a boa vontade de Nela Rio, sempre solícita e disposta a compartilhar. É uma pessoa raríssima.

Ganhei a dedicação de um poema dela, lindo, lindo.. e fiquei tão encantada com essa delicadeza que durante dias fiquei tateando as palavras para agradecer.. não encontrei outras, senão o meu trabalho todo. 🙂

“ESTUDIANTINA
para Andréia,
en los encuentros de espacios inconmensurables.”

Tenho várias novidades sobre Nela Rio. Ao longo dessa semana divulgo aqui, no Quando Nela Rio, que agora volta com a programação normal de atualizar leitores de Rio sobre a vida literária da escritora.

Estou 175 páginas mais leve. 😀

Anúncios